Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Minerador devolve US$ 23 mi em taxa errada paga pela DeversiFi em transação

DeversiFi pagou US$ 23 milhões, ao invés de taxa de US$ 5. Foto: Peter Patal, Unsplash.

O que está em blockchain pode ser imutável. Mas com boa vontade, é possível mudar o rumo de um erro milionário registrado na rede. Esse é o caso da DeversiFi, que conseguiu recuperar os 7,676 ETH (US$ 23 milhões, cerca de R$ 120 milhões) que pagou por engano em taxas por uma transação. O caso aconteceu na manhã de ontem (27).

A transação de swap, ou transferência de tokens entre blockchains, conforme mostra o Etherscan, era de US$ 100 mil e geraria uma taxa de U$ 5 (cerca de R$ 28). Portanto, além de milionário, o valor da taxa paga superou muito o do depósito. E mais curioso ainda: o lema da DeversiFi é “evite custos de gas (a taxa) e frustração, economizando tempo e dinheiro em cada transação ou swap”.

De acordo com um comunicado da DeversiFi, depois de investigar o que aconteceu, viu-se que o minerador que ficou com a taxa foi o do bloco 13307440. Já esse costuma fazer depósitos de mineração de Ethers na Binance.

A plataforma contatou, então, a bolsa, que repassou o email da DeversiFi para o minerador. Esse, por sua vez, aceitou devolver o dinheiro. Devolveu 7626 ETH, porque a DeversiFi lhe deu 50 ETH (cerca de US$ 140 mil, R$ 700 mil).

DeversiFi: “nossa revolução é definida por valores humanos”

“Blockchain é imutável. Mas a revolução da qual somos parte é definida por nossos valores como humanos”, publicou a DeversiFi em seu perfil no Twitter.

Logo que o maior erro da história da Ethereum aconteceu, entendeu-se que o era da Bitfinex, de onde saiu o dinheiro. A DeversiFi é uma spin off da bolsa. Mas a plataforma de DeFi afirmou a questão era dela. E que problemas com a biblioteca EthereumJS (para interagir com os contratos inteligentes da Ethereum), junto com mudanças nas taxas devido à atualização EIP-1559, podem levar a altas tarifas.

Isso, associado ao fato de que carteiras físicas (harware) Ledger podem mostrar taxas de forma incompreensível para humanos, pode ter evitado uma checagem menos segura. Depois de investigar o que aconteceu, os depósitos foram retomados hoje à tarde.

A plataforma afirmou que vai implementar medidas melhores de segurança para interface com bibliotecas externas. Além de revisar como tratar erros de transações e aplicar um teto de taxas máximas de transações.


0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>