Mercado Pago busca atrair usuário de cripto; Nelogica cria serviço de comparação de fundos

A partir deste mês, o Mercado Pago coloca em prática uma campanha para atrair mais usuários de sua plataforma de criptoativos. A empresa vai pagar R$ 10 para cada pessoas que seus clientes indicarem e que comprarem, pela primeira vez, bitcoin, ethereum ou a stablecoin USDP, da Paxos, pelo aplicativo do Mercado Pago. Cada participante cliente pode indicar até 10 pessoas. O indicado que comprar pela primeira vez pelo app do Mercado Pago precisa esperar até 72 horas para também fazer indicações.

A empresa afirma que já tem mais de dois milhões de usuários que negociam criptos em seu app. É o mesmo número que disse que tinha há cinco meses, sem dar detalhes de onde está entre 2 milhões e 3 milhões. Em agosto passado, anunciou seu token Mercado Coin. O Mercado Pago é um dos maiores bancos digitais do país, o que lhe dá a vantagem de já ter uma clientela para oferecer criptos também. Seu serviço foi anunciado em dezembro de 2021. Cada participante cliente pode indicar até 10 pessoas. O indicado que comprar pela primeira vez pelo app do Mercado Pago precisa esperar até 72 horas para também fazer indicações.

Nelogica cria serviço que compara fundos

Nelogica, provedora de tecnologia para investimentos, por meio de seu sistema de informações financeiras Comdinheiro, criou o Fundo Melhor que o Meu, site para  investidores e profissionais de mercado compararem a rentabilidade de um fundo escolhido com outros cinco do mesmo perfil e desempenhos superiores. No total, a plataforma pode usar dados de 24 mil opções do mercado, que tem também fundos de criptoativos.

O objetivo é ajudar no processo de escolha de investimentos, diz a empresa. “A análise fornecida pela ferramenta é fruto de estudos acadêmicos e de mercado feitos por profissionais, mestres e doutores que integram o quadro da Comdinheiro”, diz Filipe Ferreira, da Comdinheiro. Em alguns casos, porém, alerta o executivo, é preciso ficar atento a taxas que o investidor possa ter de pagar, em corretagem, para mudança imediata de aplicação.

Titanium lança fundo com exposição aos EUA

A Titanium Asset Management, especializada em ativos digitais, lançamento um fundo de investimento, focado em ações de empresas de tecnologia. O Titanium Global Tech FIA IE” terá exposição a 11 empresas de capital aberto que geram receita em algum segmento no setor tecnológico. A maioria das empresas está listada na Bolsa de tecnologia americana Nasdaq.

A administração do fundo é do BTG Pactual. O investimento mínimo é de R$ 1 mil, mas o fundo é para investidor qualificado, ou seja, aquele que tem a partir de R$ 1 milhão investidos. De acordo com o head de Operações da Titanium, Jean Felipe Menegazzo, o fundo é uma alternativa para quem não quer exposição ao risco nacional.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *