Mercado de Criptomoedas por TradingView

MB Tokens lança produto de renda fixa com lastro em fluxos financeiros

O MB Tokens, empresa do mesmo grupo do Mercado Bitcoin, lança uma nova oferta de tokens de renda fixa digital lastreados na cessão de fluxos financeiros. O MBFP08 tem rendimento estimado em 18,2% ao ano, com previsão de liquidação em agosto de 2022. Serão 10.352 tokens, com valor unitário de R$ 100 e emissão total de R$ 1.035,2 milhão. É mais um produto que surge no mercado cripto que tenta oferecer uma renda mais previsível, já que os preços das moedas digitais, além de muito variáveis, estão em baixa.

Os pagamentos de MBFP08 serão em seis etapas entre julho e agosto. “Com a alta da taxa Selic, nossos produtos que são indexados, ou seja, tem uma taxa pós e uma pré-fixada, ganham ainda mais rentabilidade. Em um token que pagávamos CDI + 6% em 2019, tivemos uma rentabilidade de 4,18% + 6%. Com a alta da Selic, o investidor recebe os mais de 13% + 6%,, diz Vitor Delduque, Diretor de Novos Negócios do MB Tokens.

Além disso, investimentos com ganhos abaixo de R$35 mil são isentos de Imposto de Renda. E os tokens poderão ser negociados no mercado secundário após 30 dias da data de lançamento.

Na última segunda-feira, a exchange Bybit lançou um produto que promete rendimento anual de 12,75%. É um staking, ou seja, o investidor deixa seu dinheiro parado na conta de cripto e que pode ser usado em outra operação pela corretora. A Bybit chama isso de um investimento semelhante ao CDB, o Certificado de Depósito Bancário, que é para onde os investidores do mercado tradicional fogem quando não querem nada arriscado.

E em maio, a mexicana Bitso lançou o Bitso+ , um staking em que os clientes com saldos em bitcoin e USD ganham rendimentos de até 6% ao ano e 15% ao ano, respectivamente.

Mercado Bitcoin lança novo painel de negociações

Já a exchange Mercado Bitcoin anunciou o início do funcionamento, hoje (22), de um novo painel de negociações da sua plataforma, a versão PRO. O painel inclui novas funcionalidades em uma única tela, como seletor de ativos, gráficos, indicadores e boleta de negociações, que permite criar ordens e estruturar operações. O usuário poderá optar por três tipos: Ordem a Mercado, Ordem Limite e Ordem Stop Limit, disponível exclusivamente para a venda.

“Desenvolvemos um produto a partir das necessidades dos nossos clientes. Nosso objetivo é melhorar a experiência, facilitar as negociações e entregar o que há de melhor, com os recursos mais avançados, para facilitar a tomada de decisão do usuário”, disse Sérgio Veiga, diretor de Customer Experience do MB.


Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.