Igreja Católica lançará de criptomoeda a cachaça do Cristo Redentor

Igreja trabalha em criptomoeda do Cristo Redentor. Foto: Marcos Paulo Prado, Unsplash.
Igreja Católica lançará de criptomoeda a cachaça do Cristo Redentor.

O Cristo Redentor, que acaba de comemorar 90 anos de sua inauguração, terá sua criptomoeda. A informação foi dada pelo padre Omar Cardoso, reitor do Santuário Cristo Redentor, ao jornal O Globo. Sem dar maiores detalhes sobre a cripto, afirmou que se trata da Agenda 2030, ou seja, que tem conexão com os 17 objetivos de desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

A agenda do santuário inclui ainda a ação no mínimo curiosa para uma igreja, que é o lançamento da Cachaça Redentor. E iniciativas como luminárias, joias, bichos de pelúcia, jogos e licenciamento de imagens, de acordo com a entrevista ao O Globo.

Em relação aos ODS, a igreja Católica criou um fundo de investimentos que tem R$ 30 milhões e 26 cotistas.

Além da criptomoeda do Cristo Redentor, também em comemoração às estátua, a Casa da Moeda do Brasil, em parceria com a empresa de marketing Equipa Groop, criou o “Cristo Tran$forma”. A peça é produzida com cédulas que seriam descartadas. Todas são numeradas e com QR Code para rastreabilidade da origem e cadastro do comprador. Serão 800 unidades e a pré-venda de 700 começam a O Cristo Tran$forma contará com uma edição limitada em 800 delas começa amanhã (15).

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *