Hashdex reduz valores mínimos de investimento em seus fundos de criptos

Roberta Antunes, responsável pelo crescimento da Hashdex.

A Hashdex, maior gestora de criptomoedas da América Latina, alterou o perfil de alguns dos seus fundos multimercados. Com isso, permite que pequenos investidores invistam nesses produtos. Além disso, reduziu o valor mínimo para entrada no investimento para qualquer quantia.

Assim, a partir desta semana, o acesso será ampliado para os fundos Hashdex 40 Nasdaq Crypto Index FIC FIM, que investe 40% no mercado cripto e 60% em renda fixa. Além disso, também será ampliado para o Hashdex 100 Nasdaq Crypto Index FIM IE, que aloca 100% do capital em cripto; Hashdex Bitcoin FIC FIM, que só investe em bitcoin; e, por fim, o Hashdex Ethereum 100 FIC FIM, que só investe em ethereum.

Até então, somente o Hashdex 20 Nasdaq Crypto Index FIC FIM, fundo que investe 20% no mercado cripto e 80% em renda fixa, era aberto para o público geral. Os outros eram destinados para os chamados investidores qualificados ou profissionais. Pelas regras da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o qualificado é o que tem ao menos R$ 1 milhão investidos. Já o profissional tem mais de R$ 10 milhões investidos.

Atualmente, somente um fundo da gestora é exclusivo para investidores qualificados. É o Hashdex Ouro Bitcoin Risk Parity FIC FIM IE, que investe 50% em bitcoin e 50% em ouro.

A empresa lançou fundos de índice na B3, os ETFs, que acompanham criptomoedas e que permitem investimentos em valores menores. “Estamos ampliando essa oportunidade (de entrar no segmento de criptos com valores menores) para todo o público que prefere investir somente via fundos”, disse Roberta Antures, Chief of Growth da Hashdex.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *