Hashdex recebe investimentos de Coinbase, Softbank e Valor Capital

Presidente da Hashdex, Marcelo Sampaio, e o time da empresa no lançamento do Hash11. Foto: Hashdex.

A Hashdex, gestora de investimentos com foco em criptoativos, recebeu um aporte de R$ 135 milhões. O objetivo, diz a empresa, é expandir sua atuação internacional, o que inclui parcerias com a Nasdaq, além de triplicar o número de funcionários.

O líder da rodada foi o fundo de venture capital Valor Capital Group. O fundo investe em outras empresas do setor, como a Coinbase, maior corretora de criptomoedas dos Estados Unidos (EUA), na BlockFi, de finanças descentralizadas e na Celo.

Além do Valor Capital, entraram na rodada a própria Coinbase pelo seu braço de investimentos, o Softbank, que investe em empresas como Rappi e Loggi e o Globo Ventures. Entraram ainda os fundos Canary, Igah, Alexia, Fuse e Endeavor Catalyst.

O aporte se refere a um investimento Series A, ou seja, numa startup que já tem produto, clientes e está consolidando seu mercado. Para isso, precisa crescer, por exemplo, essa base de usuários.

A Hashdex tem fundos de criptomoedas, lançou o primeiro ETF de criptomoedas do mundo na Bermuda Stock Exchange (BSX) e o primeiro ETF desse tipo no Brasil, o HASH11.

Os ETFs seguem um índice feito com a Nasdaq. Até o lançamento da oferta do ETF brasileiro, em 26 de abril, tinha captado cerca de R$ 600 milhões. O valor cresceu 75% em uma semana.

Hashdex marcou inovação em criptos do mercado tradicional

O HASH11 marcou também a entrada de grandes bancos brasileiros no mundo de investimentos em criptoativos. Isso inclui, por exemplo, Itaú, Banco do Brasil e Safra. O Itaú gostou tanto que continua a fazer publicidade sobre o produto na grande mídia.

“Tivemos um papel importante no amadurecimento da regulação do setor”, afirma Marcelo Sampaio, CEO da Hashdex, de acordo com comunicado da empresa.

“Tendo em vista a natureza descentralizada das blockchains, bem como os mecanismos e seus incentivos, há valor criado tanto para os participantes do ecossistema como para os detentores de ativos de cripto. A Hashdex lidera o movimento de popularização dessa classe de ativos para investidores brasileiros e internacionais”, disse Scott Sobel, sócio-fundador do Valor Capital Group

A Hashdex foi criada por profissionais do mercado financeiro tradicional e de tecnologia. A empresa afirma que hoje tem sob gestão mais de R$ 3,5 bilhões.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *