Hackers movimentam US$ 19,5 bilhões em BTC roubados da Bitfinex

Depois de quase 6 anos de um dos maiores roubos de uma bolsa de criptomoedas, os hackers que atacaram a Bitfinex em 2016 movimentaram 79% dos 119.756 bitcoins, ou seja, 94,643.29 bitcoins. A movimentação aconteceu nesta terça-feira (1), com 23 operações que equivaleram a US$ 3,55 bilhões (R$ 19,5 bilhões). Na época do roubo, isso equivalia a US$ 56,88 milhões (US$ 312 milhões). A informação é da Elliptic, empresa de análise de dados em blockchain.

Ao longo de sua história, a Bitfinex teve uma série de problemas graves, de roubo de fundos a problemas com bancos e multa do regulador dos Estados Unidos (EUA) por oferecer produtos sem autorização.

Em abril do ano passado, a Elliptic afirmou que inicialmente, os 119.756 bitcoins foram para uma única carteira e que naquela época, 79% ainda estavam lá. Portanto, quem roubou ficou bom tempo sentado em cima do dinheiro sem nem mover de carteira. E o que complica um pouco mais agora é que os controles contra lavagem de criptomoedas estão cada vez maiores.

Porém, a Elliptic acha que as criptomoedas continuarão como estão por algum tempo, sem serem trocadas por moedas nacionais. Isso porque movimentar grandes somas chamaria muita atenção. A última movimentação tinha sido em abril de 2021, de um valor equivalente a US$ 700 milhões. Houve lavagem das criptomoedas em mercados darknet como Hydra e Wasabi.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *