Guerra no Oriente Médio mexe com preços de bitcoin e stablecoins de ouro

Entre a última sexta-feira (12) e sábado (13), quando o Irã fez um ataque com drones e mísseis contra Israel, escalando a tensão da guerra na região, o mercado cripto viu o preço do bitcoin cair e o das duas principais stablecoins atreladas a ouro terem picos de alta. Para alguns, foi sinal de que os investidores decidiram evitar ativos de maior risco e seguir para os “seguros”. Mas, não foi um consenso, visto que o movimento durou pouco.

De acordo com Orlando Telles, analista do mercado, os ataques geraram “pânico no mercado, causando uma venda em massa (sell off) e o maior evento de liquidação de posições de cripto deste ano”. Isso, no entanto, não deve afetar outras perspectivas que ele considera positivas, como o halving do bitcoin, que acontece nos próximos dias.

Para Bob Elliott, CIO e cofundador da Unlimited Funds, eventos como esses mostram que bitcoin realmente não é o melhor porto para quem quer se proteger de impactos de conflitos armados no mercado. Enquanto para Checkmate, analista da Glassnode, “quem postou que o preço do token de ouro sem liquidez negociado hoje num preço maior é um deboche para o bitcoin, é um comentarista de mercado sem seriedade”.

O preço do bitcoin já tinha caído cerca de 6% na sexta-feira, quando começou o dia na faixa de US$ 70 mil e terminou na casa dos US$ 66 mil. O motivo era a informação de um ataque do Irã. No sábado, quando aconteceu realmente, despencou de US$ 67 mil para US$ 62 mil ao longo do dia e fechou na faixa de US$ 63 mil. Foi se recuperando ao longo da semana e nesta manhã de segunda-feira estava na casa de US$ 64,6 mil, uma queda de 10% em 7 dias (ver gráfico abaixo). Outras altcoins seguiram o sobe e desce.

A Tether Gold, por sua vez, teve um pico de alta na sexta-feira. A principal cripto atrelada a ouro em valor de mercado – de US$ 579 milhões -, passou de US$ 2.385 para US$ 2.425 ao meio dia no horário do Brasil. Despencou no meio da tarde para US$ 2.342 e por lá ficou até voltar a subir na tarde do dia seguinte, o sábado. Foi subindo e descendo até chegar a US$ 2.423 na tarde de domingo e depois caiu de novo. Nesta manhã, voltou para a faixa de US$ 2.348, como mostra o gráfico abaixo.

No caso da Pax Gold, que tem um mercado de US$ 430 milhões, ao longo da sexta-feira houve um aumento pequeno, de 1,5%. Mas, no sábado, em apenas uma hora – das 17h às 18h, horário de Brasília – a cotação subiu de US$ 2.390 para US$ 2.890, despencando de novo depois. Às 19h55, voltava à casa de US$ 2.420. Desde então, variou e chegou perto de US$ 2.500, mas nesta manhã estava em US$ 2.386.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *