Exchanges do Brasil declararam movimento de 20.412 BTC em janeiro, queda sobre 2021

Criptomoedas ajudaram a aumentar rombo das contas externas do país.

As exchanges brasileiras de criptomoedas declararam um movimento de 20.412,45 bitcoins em janeiro, o que representa em torno de R$ 4,5 bilhões. Em bitcoin, isso representa uma queda de 58,53% sobre janeiro de 2021 e em valor, de 51,34%. Em relação a dezembro, a queda é de 16,37% em bitcoin, mas por conta da queda da cotação, é de 33,54% em valores, segundo dados da Cointrademonitor.

De acordo com o site, desde março de 2021 a Binance é a exchange que mais negocia bitcoins no país. Em janeiro passado, a empresa respondeu por 32,8% do total.

Apesar da queda com bitcoin em janeiro nas exchanges, a importação de criptomoedas bateu recorde em 2021. Foram US$ 6 bilhões, segundo o Banco central. É praticamente o dobro dos US$ 3,31 bilhões em 2020, segundo o Banco Central. O salto do valor foi enorme desde 2017, quando foi de US$ 70 milhões. Provavelmente não apenas pelo crescimento em volume, mas também pelo aumento das cotações.

Assim, as importações contribuíram com praticamente 25% do rombo de US$ 28,1 bilhões das contas externas do país. E que, por sua vez, também subiu, no caso 14,8% no ano.

Preço Bitcoin Brasil em Janeiro de 2022
Preço do bitcoin em janeiro de 2022.

Segundo o BC, a importação significa que a criptomoeda saiu da mão de um não residente no país para um comprador residente aqui. “Não há registros aduaneiros para criptomoedas, não incluídas na estatística de comércio exterior de mercadorias. Para inclusão na balança comercial do balanço de pagamentos, as transações com criptoativos são estimadas com base em contratos de câmbio”, informou o BC.

 Os dados que o Cointrademonitor considera são os das exchanges AlterbankB2UProBinanceBiscointBitCambioBitcoinToYouBitcoinTradeBitnuvembitPreçoBitrecifeBitsoBlocktaneBrasilBitcoinBULLGAINCitcoinCoinextCointradeCXComprarBitcoinCryptoMKTflowBTCFoxbitFTXMakes ExchangeMercadoBitcoinNovaDAXNox BitcoinP2PTradingPagCriptoPagCripto OTCStonoexUpCâmbioWalltime e YouBTrade.

No mês passado, a maior movimentação de bitcoin aconteceu no dia 21, com transações que somaram 1.382,27 BTC, ou seja, R$ 278,2 milhões. E o dia com menor movimentação foi o 16, com 226,80 BTC, ou R$ 54,34 milhões. A média diária no mês ficou em 658,47 BTC.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *