Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

ETF de Ethereum da Hashdex será lançado na B3 na próxima semana

DeversiFi pagou US$ 23 milhões, ao invés de taxa de US$ 5. Foto: Peter Patal, Unsplash.

A Hashdex, que já tem dois fundos de índices (ETFs) relacionados a criptomoedas na B3, lança dia 18 o ETF com 100% de exposição a Ethereum. O ETHE11 tem exposição ao Nasdaq Ethereum Reference Price (NQETH), que foi desenvolvido pela bolsa norte-americana e busca seguir o preço da criptomoeda em tempo real.

A XP, o Itaú BBA e o Banco Genial serão os coordenadores da oferta desse ETF. A taxa de administração é de 0,7%. A previsão é que a aplicação inicial por cota seja de pouco mais de R$ 50,00, na faixa mesma faixa do Hash11, primeiro ETF do país.

Portanto, este será o terceiro ETF de criptoativos que a Hashdex disponibiliza na B3. Na semana passada, começou a operar na bolsa o ETF de bitcoin que promete ser um produto sustentável em relação a pegada de carbono. Sua concorrente no segmento, a QR Capital, tem dois ETFs. Assim, o Brasil é um dos países que mais tem ETF de criptomoedas.

ETF da Hashdex buscará refletir refência da Nasdaq

O prazo de reserva de cotas do ETHE11 vai até a próxima sexta-feira (13). De acordo com a Hashdex, a empresa investirá no mínimo 95% do patrimônio em cotas do fundo de índice alvo, o Hashdex Nasdaq Ethereum ETF. Esse, por sua vez, investe em ativos financeiros emitidos ou negociados no exterior, em Ethereum ou em posições compradas no mercado futuro. E assim busca refletir o NQETH.

A Hasdhex foi a primeira a lançar um ETF de criptomoedas no Brasil, o Hash11. A empresa tem R$ 3,8 bilhões sob gestão com 230 mil cotistas. Além de ETFs, tem outros fundos de investimentos.

“Ethereum é uma das principais plataforma que servem como base para uma nova evolução da internet, a chamada Web 3.0. O token Ether é o combustível que move essa internet. E tem grande potencial de valorização conforme a tecnologia evoluir e sua adoção aumentar”, disse em comunicado Samir Kerbage, CTO da Hashdex.

1 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>