Mercado de Criptomoedas por TradingView

Em tempos de quedas de preços, Bybit anuncia staking com ganho pré-fixado

A Bybit, uma das maiores exchanges de criptoativos do mundo e que em abril anunciou que aumentaria sua operação no Brasil, lançou ontem (20) um produto que promete rendimento anual de 12,75%. É um staking, ou seja, o investidor deixa seu dinheiro parado na conta de cripto e que pode ser usado em outra operação pela corretora. A Bybit chama isso de um investimento semelhante ao CDB, o Certificado de Depósito Bancário, um clássico do mercado financeiro e para onde os investidores fogem quando não querem nada arriscado. Portanto, num mercado em baixa, a empresa acena com um ganho pré-fixado, algo que está no extremo oposto da lógica das criptomoedas.

O Bybit Ganhos é para brasileiros e portugueses. O investimento pode ser feito com depósitos em reais e por meio do Pix. Nessa operação, o investidor vai comprar USDC, a stablecoin pareada ao dólar americano da Circle, que vai ficar no staking. Isso tira, portanto, muito do risco sobre o investidor, diz Guilherme Prado, gerente de Novos Negócios da Bybit. Assim como tira riscos também para a corretora, que promete ganho fixo. O investimento mínimo tem de ser de 100 USDC e o máximo de 1 mil USDC por CPF. A Transfero participa da operação de compra da cripto. O rendimento é sobre o valor investido ao final de 30 dias, ou seja, o proporcional aos 12,75% para um mês.

Mas haverá uma duração limitada dessa ação. A Bybit limitará o acesso ao produto a novos clientes que fizerem o staking até 5 de julho ou enquanto durar o  lote de 5,6 milhões de USDC. A campanha também poderá ser encerrada sem aviso prévio. “Ao invés de a quantia (investida) ficar com um banco, por exemplo, servirá como validação para a rede em que faz parte realizar novas operações”, disse a empresa num comunicado.

No início de maio, outra corretora do grupo das mais novas que lançou um produto de staking no Brasil foi a Bitso. No produto da exchange, o Bitso+ , os clientes com saldos em bitcoin e USD ganham rendimentos de até 6% ao ano e 15% ao ano, respectivamente. Ao Blocknews, o CEO da corretora no Brasil, Thales Freitas, disse que esses novos produtos ajudam a alavancar os negócios, em especial em tempos de queda de preços como agora.

A exchange com sede em Hong Kong afirma que segundo o aplicativo Renda Fixa, o produto financeiro de maior rentabilidade disponível ontem era um CDB da Suzano, que pagava 0,84% para o mesmo prazo. Para um investimento de R$ 5 mil, o CDB retornaria R$42,05 líquidos, enquanto o staking em USDC devolveria ao investidor aproximadamente R$53,13, considerando uma taxa de conversão de 5 reais para 1 dólar. “A flutuação do dólar pode jogar contra ou a favor, já que esse staking em específico é monetizado em USDC”, lembra Prado.

De acordo com o jornalista de cripto Colin Wu, do perfil @WuBlockchain no Twitter, a Bybit também vai demitir funcionários. A empresa com sede em Singapura estaria com planos de cortar em torno de 30% de sua força de trabalho.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.