Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Dynasty Global deve lançar token D¥N, lastreado em imóveis, no início de julho

Token de imóveis costuma ser visto como mercado de alto potencia. Crédito: Pixabay

No início de julho, a Dynasty Global Investments prevê lançar a oferta do token D¥N, atrelado em imóveis de alto padrão. A empresa é de brasileiros e fica em Zug, no Crypto Valley da Suíça.

A expectativa de captação da Dynasty para 2021 é de 300 milhões de francos suíços, cerca de R$ 1,92 bilhão. Cada D¥N vale 60 francos suíços, ou seja, em torno de R$ 385. O token será atrelado a imóveis em locais como Nova York, Londres, Lisboa, Hong Kong e São Paulo.

A Dynasty disse ao Blocknews que a empresa já busca imóveis e “a primeira aquisição está prevista para se concretizar nos próximos 60 dias. Estamos com propostas em análise e em processo de due dilligence dos ativos”.

A renda do D¥N deverá vir dos alugueis dos imóveis. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) não permite a venda desse tipo de token no Brasil. Por isso a empresa concentra a operação no exterior, como o BTG Pactual, que tem o token de imóveis recuperados ReitBZ.

Portanto, a Dynasty vai concentrar a oferta pública na Europa e Ásia. Assim, por enquanto os brasileiros estão fora dessa oferta.

Porém, em dezembro passado a Dynasty abriu um escritório em São Paulo e contratou parte de sua equipe aqui. Assim, reduz o custo Suíça. E, segundo disse ao Blocknews Eduardo Carvalho, um dos fundadores, já está posicionada para atuar no país se e quando esse tipo de token puder entrar em negociação aqui.

Além de preparar o lançamento da D¥N, a empresa pretender trabalhar na educação de investidores. Isso porque sabe que o assunto é muito novo e gera dúvidas e receios.

Recentemente, a Dynasty fez uma integralização de capital com criptomoedas, algo ainda pouco feito no país. A empresa enviou recursos da Suíça para o Brasil

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>