CoinEx promete compensar clientes em 100% do valor perdido em ataque

Perda da CoinEx pode ser de US$ 27 milhões.

A CoinEx prometeu compensar todas as perdas que aconteceram com movimentações de alto valor e não autorizadas na última terça-feira (12). Os movimentos envolveram Ethereum, Tron e Matic. Enquanto a exchange afirma que está buscando determinar o valor exato da perda, a a plataforma de segurança Cyvers Alerts disse que estima em cerca de US$ 27 milhões.

“É importante observar que os fundos afetados representam apenas uma pequena parte dos ativos totais da CoinEx. No entanto, estamos rastreando ativamente endereços suspeitos para evitar atividades não autorizadas adicionais”, disse a empresa”, afirmou a CoinEx em comunicado.

A empresa informou ainda que estava rastreando endereços suspeitos para evitar outras atividades não autorizadas. “Nos próximos dias, nos comprometemos a fornecer um cronograma detalhado e um relatório abrangente sobre o incidente”, afirma um comunicado aos clientes. Além disso, o documento diz que se o usuário tiver alguma dúvida adicional ou precisar de informações adicionais, deve entrar em contato com a CoinEx.

De acordo com a exchange, às 11h18 (horário de Brasília) da terça-feira, o Cyvers Alerts postou um tweet sobre retiradas suspeitas na CoinEx. Criptos como Ethereum, Tron e Matic, além de outros, das hot wallets da exchange foram transferidos para endereços desconhecidos. Isso levantou a suspeita de um possível ataque hacker. Depois disso, a exchange montou uma equipe de gerenciamento de risco para investigar o caso.

A empresa está rastreando os fundos e disse que fez progressos. Até agora, a CoinEx divulgou três lotes de endereços de hackers e pediu às equipes de projeto e exchanges relevantes que monitorassem e congelassem os endereços suspeitos. O primeiro lote de endereços de carteiras suspeitas são:

$ETH:

 0xce013682eddefaca8c94fe56a43a04212ebe4673

 0x8bf8cd7F001D0584F98F53a3d82eD0bA498cC3dE

 0xCC1AE485b617c59a7c577C02cd07078a2bcCE454

 0x483D88278Cbc0C9105c4807d558E06782AEFf584

$BTC:

 1BHNb9UJy4cWFB5wywZkTVgoNB4JbFmswH

$TRON:

 TP75t6owoqXxskLq6FB2R37PymNTmohq9L

 TPFUjxQzG88Vwynrpj2W61ZAkQ9W2QYgAQ$XRP:

 rpQxVcjVF2fC23r3xKyJS53jw8d5SRhZQf

A CoinEx divulgou o segundo lote de endereços de hackers identificados às 14h41 do dia 13 de setembro:

$ETH:

0x2118e4432d668aCFa347ddBA0efCcc6BB04DB297

0x1A61Df134d766f1e240FBFAEe79bBeCC04195f62

0x40cBe7580168d52b7FEC884120B31115c3F7E37E

$XRP:

rpQxVcjVF2fC23r3xKyJS53jw8d5SRhZQf

$SOL:

G3udanrxk8stVe8Se2zXmJ3QwU8GSFJMn28mTfn8t1kq

$BSC:

0x6953704e753C6FD70Eb6B083313089e4FC258A20

$KDA:

k:a9f3672d7ad7a1e4592702d73b220cbc61db1fa17f89a56131d965bc03959913

$BCH:

qrgxyhj8rzl4l7fgauu6q6vtu2grct4jeyrnaq2s75

$XDAG:

15VY3MadZvLpXhjzFXwCUmtZcHszju6L9

Os clientes da empresa voltarão a ter acesso aos seus fundos quando os identificar os endereços dos hackers e conseguir isolá-los.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *