CoinBene é proibida de oferecer contratos para clientes no Brasil

Bitcoin já foi tema de várias propostas de cidadãos no Senado.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) determinou a suspensão imediata de oferta de todas as ofertas públicas de valores mobiliários pela CoinBene. Segundo a autarquia, a CoinBene, nome fantasia da CB Brasil Serviços Digitais Ltda. e seu responsável, Chenmin Gao, estão captando clientes “com oferta pública de instrumentos financeiros com características de contratos derivativos”.

A CoinBene não tem autorização para captar clientes no Brasil, pois não faz parte do sistema de distribuição, disse a CVM. Caso não acate a suspensão, a CoinBene será multada em R$ 1 mil ao dia.

Mais sobre a CVM:

Webinar da CVM discutirá sandbox regulatório de outros países

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *