Circle estuda de novo ser listada em bolsa, segundo a Bloomberg

Circle tem a USDC. Imagem: Pexels, Pixabay.

 A Circle, emissora da stablecoin USDC, a segunda maior criptomoeda estável e a sexta maior cripto em valor de mercado, está tentando, de novo, fazer uma Oferta Inicial de Ações (IPO). A ideia é que aconteça em 2024, de acordo com a agência de notícias Bloomberg, que atribuiu a informação a pessoas próximas da negociação.

A reportagem diz que o IPO não é ainda algo certo, já que a empresa ainda conversa com assessores sobre o assunto. A Circle afirmou não negou a informação. Disse apenas que não comenta rumores de mercado. Entre os atuais investidores da Circle estão Coinbase, Goldman Sachs, Fidelity e Blackrock.

Em 2021, a Circle fez um acordo com uma Sociedade de Aquisição de Propósito Específico (Spac, na sigla em inglês), a Concord Acquisition Corp. Mas, o negócio foi desfeito em 2022, em meio à queda do glamour das Spacs e do inverno cripto.

A proposta das Spacs é eles próprios serem listados em bolsa. As sociedades captam recursos de investidores que não sabem exatamente onde o valor será usado, por isso são chamadas de empresas de “cheques em branco”. Quando fazem uma aquisição ou fusão, automaticamente a nova empresa da sociedade se torna pública, o que reduz seu processo para conseguir isso de forma mais independente.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *