Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Bolsa de Nova York lança NFTs do toque do sino em ofertas de ações

Circle segue passos da Coinbase e vai para a bolsa de valores. Foto: Rabbimichoel, Pixabay.

A Bolsa de Nova York (NYSE) vai vender tokens não-fungíveis, os NYSE NFTs, com o toque do sino de seis IPOs relevantes. Entre eles o do Spotify. Essa é mais uma ação do mundo cripto que avança para o de finanças tradicionais.

O sino da NYSE é tradicional. O CEO da empresa toca o sino assim que começa a negociação de sua ação. O toque é uma festança lá e em outras bolsas, inclusive na brasileira B3. Portanto, o NFT é a memória do som do sino.

De acordo com a presidente da NYSE, Stacey Cunningham, a bolsa já processa mais de 350 bilhões de ordens, cotações e mensagens nos dias mais agitados. É o maior volume entre as bolsas. Além disso, a bolsa grava tudo na sua plataforma de registro distribuído.

Além do toque da Spotify, a bolsa de Nova York vai negociar também os da Snowflake (nuvem), Unity (motor de jogo), DoorDash (entrega de comida), Roblox (videogame) e Coupang. A Coupang teve o maior IPO do ano, de US$ 4,6 bilhões.

Stacey não deu detalhes sobre o modelo econômico dos NFTs. Mas, afirmou que vai lançar “muitos outros” NFTs. A venda é feita na Crypto.com.

A cada, o mercado cria NFTs dos mais variados tipos. Vão de obras de arte digitais a direitos sobre músicas e checagem de notícias, como fez a plataforma brasileira da Agência Lupa.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>