“Chanceler à beira do segundo resgate para os bancos”: bloco gênesis do bitcoin faz 15 anos

Bitcoin atrai mercado financeiro tradicional.

Há 15 anos, em 3 de janeiro de 2009, Satoshi Nakamoto criava o primeiro bloco da rede bitcoin, o gênesis. Curioso é que nesse bloco adicionou a manchete daquele dia do The Times britânico: “Chanceler à beira do segundo resgate para os bancos”. O ecossistema vê isso como mais uma prova que sua intenção era a de que BTC era um contraponto ao sistema financeiro tradicional. Hoje, esse sistema está aderindo a cripto, embora de maneira centralizada. Em meio a isso, a maior expectativa do mercado hoje é a aprovação de ETFs spot de bitcoin, incluindo o da BlackRock.

A aprovação de um ETF spot de bitcoin, que gera a necessidade de compra da cripto, já seria uma notícia forte. Mas a BlackRock, maior gestora de recursos do mundo, adicionou ainda mais peso a isso. E para completar, seu ETF e outros dos 12 que estão esperando aprovação da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) vão colocar mais instituições financeiras tradicionais nesse jogo. Entre elas, os bancos JP Morgan e o Goldman Sachs.

Ambos são indicados como “participantes autorizados” do ETF da BlackRock, o que significa que poderão emitir e resgatar cotas. No caso do Goldman Sachs, seu nome também aparece no pedido do ETF da Grayscale e da Hashdex, segundo o Coindesk. O banco, um dos maiores do mundo, já mudou de ideia algumas vezes sobre cripto e no final criou uma mesa de moedas digitais. Já o CEO do JP sempre deixou claro que não acredito em criptomoedas.

Expectativa do ETF bitcoin spot

O mercado atribui a esses ETFs spot o principal motivo para a alta mais recente da cotação do bitcoin. Nesta quarta-feira, caiu cerca de 5% em 24 horas para a faixa de US$ 42.880, praticamente perdendo os ganhos de ontem. O mercado pôs a culpa disso em análises dizendo que a aprovação da SEC não sairá neste mês, como previsto. Mas, até hoje e apesar dos altos e baixos, bitcoin teve uma curva ascendente e acumula valorização de 39.390% desde 2011, segundo a TradingView.

“O dia de hoje representa o início de uma nova era, comprovadamente eficaz em diversas situações. Apesar de sua volatilidade, o bitcoin não é apenas um ativo digital, mas também uma reserva de valor”, afirma Luiz Parreira, CEO da Bipa, conta digital integrada ao Bitcoin.

Percepção de raridade

De acordo com ele, “a percepção de raridade e sua crescente demanda contribuem para sua valorização contínua. O ciclo de oferta decrescente (com os halvings) é único em comparação com as moedas tradicionais. Em um mundo onde bancos estavam imprimindo dinheiro desenfreadamente, o whitepaper do Bitcoin representou uma alternativa sólida para o mercado”, completa.

Para muitos, hoje é o verdadeiro aniversário do bitcoin, enquanto outros consideram o dia de publicação do whitepaper da criptomoeda em outubro de 2008.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *