Mercado de Criptomoedas por TradingView

Blockchain Terra volta a funcionar após parar para evitar ataque de validadores

Rede blockchain Terra para. Imagem: Mariia Shalabaieva, Unsplash.

Depois de uma sequência de dias desastrosos, a blockchain Terra anunciou, nesta quinta-feira (12), que tinha parado no bloco 7603.700. Mas, logo depois informou que os validadores estavam fazendo uma correção para evitar que novos usuários fazerem staking depois que o token de governança Luna, que faz parte do seu ecossistema, despencou para o valor pífio de US$ 0,014. Depois disso, por volta de 14h45, horário de Brasília, a rede recomeçou a funcionar.

De acordo com a Terraform Labs, que criou a Luna e a moeda – suspostamente – estável UST, a atualização da rede foi para limitar o número de novos usuários que poderiam ser validadores. Os validadores pararam a rede para evitar ataques de governança depois da “severa inflação da Luna e de uma redução significativa de custos para um ataque”.

O ataque ficou mais barato porque o preço da Luna derreteu. Em 24 horas, caiu de US$ 2,30 para US$ 0,014, despencando 98%. Ontem, já tinha derretido outros 93%. Quem tem Luna pode ser um nó validador da blockchain Terra. Acontece que até então, esse grupo era um dos mais restritos do mundo blockchain. Havia apenas 130 validadores. Isso porque o sistema da rede Terra é o Proof of Stake (PoS), criticado exatamente porque manda mais na rede quem tem mais tokens que dão essa possibilidade.

Todos os comunicados foram feitos pelo Twitter oficial da Terra e pelo Discord. E neles havia uma série de comentários de pessoas com UST e Luna na carteira comentando sobre suas perdas nos últimos dias.

*Atualização às 20h20 de 12.05.2022 do título e do texto com dados do retorno de funcionamento da rede Terra.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.