Mercado de Criptomoedas por TradingView

A blockchain Harmony disse nesta segunda-feira (27) que o hacker que roubou US$ 100 milhões da rede começou a mover os fundos por meio do Tornado Cash. Num post no seu perfil no Twitter, o protocolo afirmou que está “trabalhando com duas empresas de rastreamento e análise de alta reputação e colaborando com o FBI como parte da investigação criminal do roubo”. Além disso, afirmou que continua querendo conversar com o hacker, “mas, vamos continuar com a investigação até uma solução ou retorno dos fundos roubados”

De acordo com dados do Ethersacan, o hacker moveu cerca de 36 mil ethers nas últimas 36 horas, algo em torno de US$ 45 milhões – o movimento aconteceu num intervalo de 10 horas. A carteira que fez o movimento é a Horizon Bridge Exploiter. O Tornado Cash quebra o link on-chain entre a o endereço de saída e o de destino das criptomoedas. Isso facilita o movimento de dinheiro roubado.

O roubo aconteceu na quinta-feira passada, com os hackers usando a ponte Horizon do protocolo para roubar criptomoedas. A Harmony chegou a oferecer uma recompensa de US$ 1 milhão quem passasse informações sobre os hackers e que permitem a devolução dos valor.

De acordo com a Harmony, o protocolo está revisando as opções para usuários e parceiros. E prometeu ser tão transparente quanto possível sobre o caso.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.