Mercado de Criptomoedas por TradingView

Women in Cybersecurity e Ibraspd fazem parceria que inclui aperfeiçoamento profissional

Membros da Womcy participarão de reuniões técnicas do Ibraspd, diz Andréa Thomé, líder da entidade no Brasil.

O capítulo Brasil da Womcy LatamWomen in Cybersecurity LATAM e o Instituto Brasileiro de Segurança, Proteção e Privacidade de Dados (Ibraspd) fecharam uma parceria com foco no aperfeiçoamento profissional e consolidação das melhores práticas de segurança e proteção de dados.

As instituições trabalharão para apoiarem os programas uma da outra, o que contribui para uma melhoria do conhecimento e da aplicação de soluções de segurança cibernética no país.

“O Brasil e o mundo necessitam cada dia mais de recursos qualificados em segurança da informação e privacidade”, disse Andréa Thomé, líder do capítulo Brasil da Womcy Latam.

Com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) que vai entrar em vigor, há um grande potencial nas disciplinas de segurança, proteção e privacidade de dados, afirmou Alex Amorim, presidente do Ibraspd.

O instituto dará 50% de desconto aos associados da Womcy na taxa para ingressar ao Ibraspd, que também foi criado no ano passado.

Atividades da parceria

A Womcy tem nove programas para públicos como empresas, escolas, universidades e outras associações. As atividades incluem palestras, mentorias, mapeamento de vagas, informações sobre carreira e trabalhos sobre riscos cibernéticos específicos para crianças e adolescentes.

“Um dos nossos objetivos é buscar aprovação da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) para emissão de Certificações e de Selos de Excelência de melhores práticas para nossos associados e parceiros”, completou Amorim. A ideia é também encaminhar propostas de políticas de privacidade.

Pela parceria, uma das ações será a análise de práticas da Womcy por alguns grupos de trabalho do Instituto, o que será feito, inicialmente, de forma piloto.

Membros da Womcy também participarão de reuniões de Comissões de Trabalho (CTs) e farão consulta às obras catalogadas da biblioteca do Ibraspd. E poderão ser propostas atividades relacionadas ao empoderamento e qualificação da mulher.

Mais detalhes sobre o acordo estão em entrevista de Andréa Thomé ao site SocialSec em https://socialsec.com.br/?p=248

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.