Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Unicórnio CloudWalk, que usa blockchain em pagamentos, terá expansão internacional

CloudWalk é fintech unicórnio no setor de pagamentos.

A CloudWalk, rede de tecnologia de pagamentos que usa blockchain, anunciou que recebeu mais um aporte neste ano. Agora, de US$ 150 milhões (cerca de R$ 825 milhões) em Série C. Assim, o capital total de empresa passou para US$ 365 milhões (R$ 2 bilhões). Além disso, como sua avaliação é de US$ 2,15 bilhões (cerca de R$ 11,8 bilhões), é um unicórnio.

Em maio passado, a empresa anunciou um aporte de US$ 190 milhões (cerca R$ 1 bilhão) em Série B. Os investidores também foram Coatue, DST Global, FIS, The Hive Brazil e Valor Capital.

O aporte é uma rodada C, ou seja, a startup planeja usar o dinheiro em expansão, incluindo a internacional. A empresa diz que entre os planos está desenvolver novas soluções. Isso inclui, por exemplo, “melhorias para alavancar o uso de blockchain nos produtos”. Assim como iniciar operações nos Estados Unidos (EUA) e Europa nos próximos dois anos.

Os investidores foram liderados pelo fundo Coatue. O grupo inclui também DST Global, A-Star, The Hive Brazil, Plug and Play Ventures e Valor Capital Group – que já investe em outras empresas de blockchain. E também o investidor anjo Gokul Rajaram, referência no Vale do Silicio (EUA) e dos jogadores de futebol americano Larry Fitzgerald e Kelvin Beachum.

De acordo com Luis Silva, fundador e CEO da CloudWalk, “em breve, blockchain se tornará a fonte dominante para todos os processos de pagamento futuros”. A empresa alia essa tecnologia a machine learning.

CloudWalk usa blockchain para confirmar operações e reduzir custo

No caso da CloudWalk, blockchain serve para confirmar as operações e ajuda a reduzir custos e tempo. “Estamos entusiasmados em continuar a expandir nossa plataforma de pagamentos de próxima geração, que oferece atendimento a nível mundial”.

Em 2019, a empresa se tornou uma credenciadora e lançou a maquininha de pagamentos InfinitePay, sua principal plataforma de processamento. Neste ano, lançou diversas soluções, como o o Link de pagamento para comércio eletrônico e a moeda estável (stablecoin) Brazilian Digital Real.

Cerca de 150 mil lojas em 4,3 mil cidades do país usam sua solução. A média anual de processamento de transações da CloudWalk é de US$ 2,4 bilhões (cerca de 14 bilhões).

Para Michael Gilroy, sócio do Coatue, “a CloudWalk é uma das empresas mais empolgantes da América Latina devido a seu impressionante crescimento e seu profundo compromisso com a constante inovação das soluções de pagamento digital”.

*A empresa informou ao Blocknews que o novo aporte não deu um percentual aos investidores equivalente a 7% da empresa, como publicamos. Mas, a informou não quis informar qual o percentual correto.

2 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>