Parfin, TecBan e Santander têm novos executivos

Tiago Merli, que chegou à Parfin vindo do Itaú BBA.

O ecossistema de blockchain e criptoativos registrou algumas movimentações de executivos nas últimas semanas:

Tiago Merli é o novo líder de Operações da Parfin, startup que está envolvida em alguns dos principais projetos de blockchain do país, como o piloto do real digital. Além isso é, por exemplo, provedora de empresas como a B3 Digitas, da bolsa de valores B3. O executivo esteve por 22 anos no Itaú, onde ocupou diversos cargos, como o de gerente de produtos digitais, líder de tecnologias emergentes e, há dois anos, o de líder de ativos digitais do Itaú BBA. Nessa área, ajudou a construir a atuação do maior banco privado do país em criptoativos.

Patricio Santelices será o novo diretor-geral da TecBan, que também tem participado de projetos em blockchain e ativos digitais, incluindo o piloto do Drex. Assume o cargo no próximo dia 5 de fevereiro. De acordo com a empresa, tem a missão de conduzir a TecBan no seu novo ciclo estratégico, “potencializando a inovação e a diversificação de receita”. Chileno, tem 25 anos de experiência no setor financeiro e de meios de pagamento, foi CEO da Transbank nos últimos 4 anos e antes disso atuou no Brasil no Safra, GetNet e Banco Santander.

Felipe Cabral está no Banco Santander desde o final de 2023 como líder de blockchain e ativos digitais. Antes disso, passou pelo Mercado Bitcoin, onde trabalhou com produtos e serviços para o mercado B2B. Está em cripto há mais de 10 anos.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *