Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

OEA Cyberwomen Challenge deste ano acontece em fevereiro no formato online

Primeiro dia do evento terá palestras e no segundo dia, o desafio. Foto: Pixabay.

A edição deste ano da OEA Cyberwomen Challenge acontecerá nos próximos dias 10 e 11 de fevereiro. O evento será online. A organização é da Trend Micro, Organização dos Estados Americanos (OEA) e governo do Reino Unido. Além disso, tem apoio da Womcy – Latam Women in Cybersecurity, ONG focada em aumentar a participação de mulheres em segurança cibernética.

De acordo com os organizadores, o evento é focado em mulheres que estudam ou estão iniciando a carreira na área. No primeiro dia, haverá um painel sobre tecnologia com executivas do mercado.

Entre as palestrantes estará Claudia Anania, líder de TI do Instituto Butantan. Adriana Shimabukuro, técnica do Núcleo Técnico de Combate aos Crimes Cibernéticos do Ministério Público Federal (MPF), também falará. Letícia Gammill, líder para Américas da equipe de Canais de Cybersecurity da Cisco e fundadora e presidente da Womcy, será uma das outras panelistas.

Situações reais de cibersegurança

No dia seguinte, as participantes passarão por simulações de situações real cibersegurança. Assim, poderão aprender a resolver problemas como migração de aplicações, apps de orquestração e uso de Security as Code. Haverá premiação para o grupo vencedor.

As participantes deverão ter conhecimento em Windows e Linux, redes, segurança, containers, pipelines e imagens e em processo de DevOps, assim como conhecimento das ferramentas: Github, Jenkins, ECR (da Amazon), Kubernetes, Docker e APIs.

Everis tem nova líder

Andréa Thomé, nova líder de Cibersecurity da Everis. Foto: Arquivo pessoal.

Andréa Thomé, líder do capítulo Brasil da Womcy, é a nova líder de Cybersegurança da everis Brasil. Assim, tem a missão de estruturar a área no Brasil. A executiva tem mais de 26 anos de experiência em soluções de governança, riscos e compliance. Sua ênfase tem sido em segurança da informação em ativos digitais, governança, gestão de riscos de negócios e tecnologia e auditoria interna. Já passou por empresas multinacionais como EY, PwC, ISS/IBM, Baker Tilly e Phillips.

Além disso, a executiva é professora de Segurança da Informação, Gestão de Riscos, Governança de TI e Auditoria Interna em cursos de extensão e pós-graduação em instituições como Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) e FIA.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>