Mercado de Criptomoedas por TradingView

ICoLab e Blockchain Research Institute Brasil fecham parceria

Carl Amorim, do BRI Brasil, e Sandra Heck, do iCoLab. Foto: BRI Brasil e iCoLab.

iCoLab e o Blockchain Research Institute Brasil (BRI Brasil) fecharam parceria para 2022 com foco em ações como pesquisa e eventos sobre blockchain e inovação. O objetivo é, portanto, unir os pesquisadores, profissionais e entusiastas para potencializar o ecossistema da tecnologia.

Juntos, nossos times vão desenvolver projetos e inovações muito mais robustos e necessários para aplicar blockchain. E isso em mais organizações tanto públicas, quanto privadas, de forma acessível, democrática, sustentável e escalável. Assim, vai potencializar expertises e estratégias para dar apoio a pessoas e organizações que estão trabalhando com  inovação nessa área”, afirmou ao Blocknews Sandra Heck, Cofundadora e Presidente do iCoLab.

“Foram cinco anos buscando uma instituição parceira para, juntos, inserirmos o Brasil no seleto grupo de nações produtoras de conhecimento sobre os usos e desafios do blockchain nos negócios. Faz sentido que essa parceria tenha vindo da cidade que abraçou o FISL (Festival Internacional de Software Livre) e de dentro de uma das universidades reconhecidas pela atuação na pesquisa e ensino de tecnologia”, disse ao Blocknews Carl Amorim, diretor do BRI Brasil.

iCoLab e BRI Brasil querem acelerar adoção de blockchain

Marcelo De Nardi, sócio-fundador do iCoLab, Joan Bigham (Diretora Global do BRI), Giancarlo Rocco, diretor da Invest Paraná, e Carl Amorim, diretor do Blockchain Research Institute Brasil, em evento de fechamento de parceria entre as instituições, no Blockchain Revolution Global 2022.

De acordo com Sandra, em 2021 o iCoLab “já buscava por parceiros que compartilhassem do mesmo propósito e objetivos, e planejava estabelecer parcerias para crescer”. O iCoLab é o primeiro Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT) do Brasil com foco em especial para negócios. Esse status começou neste ano, já que foi fundado como um hub colaborativo de pesquisa, educação e desenvolvimento de modelos de negócios com foco em blockchain e inovação. Essa mudança permite, por exemplo, acesso a recursos financeiro para inovação por meio de incentivos fiscais e outras fontes de recursos públicos no país.

Para Amorim, a parceria iCoLab Brasil e BRI Brasil “será a pedra fundamental da construção de uma comunidade no Blockchain Hub Brasil e na aceleração da adoção do Blockchain por empresas e governos. Demorou, mas essa espera foi mais que justificável”.

O BRI Brasil uma organização independente que começou a operar em 2017 em parceria com o Blockchain Research Institute do Canadá. Esse, por sua vez é uma iniciativa de Don Tapscott, especialista em blockchain. O BRI Brasil realiza também realiza ações de pesquisa, educação e eventos para acelerar a adoção de blckchain.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.