Hyperledger Foundation anuncia novos membros e avanço da Cacti e FireFly

Hyperledger terá dois encontros anuais. Imagem: Shubham Dhage, Unsplash.

A Hyperledger Foundation anunciou a entrada de sete novos membros, entre eles a Blocklabs, Deloitte, Japan Securities Clearing Corporation e Norges Bank. Além disso, anunciou que fará dois encontros de membros no próximo ano, o Member Summit. Um deles será em São Francisco, em outubro, e outro em Tóquio, em dezembro.

“Nossa mais recente formação de novos membros é um ótimo reflexo da diversidade de nossa comunidade global”, disse Daniela Barbosa, Diretora Executiva da Hyperledger Foundation e Gerente Geral de Blockchain e Identidade na Linux Foundation.

“Variando de bancos centrais e instituições financeiras a inovações em segurança e software e provedores de serviços, marcas globais e startups em mercados na Ásia, Europa e Américas, esses membros são apenas as últimas adições a uma comunidade altamente engajada investida em nossas tecnologias. Vemos o impacto todos os dias nas inovações acontecendo em nossos projetos e laboratórios e nas formas como essas inovações estão sendo utilizadas para remodelar mercados em todo o mundo”, completou.

A fundação também informou que a Hyperledger Cacti e a Hyperledger FireFly foram promovidas ao “graduated status” pelo Comitê de Supervisão Técnica (TOC). Isso significa maturidade do código base, padrões de desenvolvimento e comunidade, assim como de adoção e escala para um projeto.

O avanço da Hyperledger Cacti, que é um framework modular de interoperabilidade, em uma solução empresarial madura para interoperabilidade de blockchain e DLT, acontece menos de um ano depois de ter sido criado pela fusão da Hyperledger Cactus e da Weaver, um Hyperledger Lab.

A votação para avançar o Hyperledger FireFly, uma plataforma para tokenização, interoperabilidade multichain e construção de aplicações em blockchain, para o status de formado ocorre em meio à adoção de ativos digitais e tokenização em seus negócios.

Casos de usos com essas duas soluções estão no relatório atualizado chamado “Hyperledger in Action in CBDC”, que contém 17 projetos de moedas digitais de bancos centrais no mundo que estão usando Hperledger. O Brasil é um deles, uma vez que está testando o real digital na Besu.

Recentemente, a Hyperledger Foundation também atualizou seu logo, que agora tem três nós que representam a fundação, seus membros e a comunidade global.

Na área da educação, a Hyperledger Foundation lançou um rastreador de casos de uso com mais de 180 implementações de tecnologias Hyperledger e uma nova certificação oferecida da Linux Foundation Training.

Os estudos de caso mais recentes detalham o trabalho da Kaleido com a Hyperledger Foundation para avançar o Hyperledger FireFly e a adoção de blockchain empresarial e ativos digitais, além de tratar de como a TradeWaltz e NTT Data forneceram uma plataforma all-in-one para o comércio global baseado em Hyperledger Fabric.

A nova certificação Hyperledger Fabric Certified Practitioner (HFCP) é projetada para desenvolvedores de software comprovar suas habilidades e conhecimento em Hyperledger Fabric e para empresas se tornarem Provedores de Serviços Certificados Hyperledger (HCSPs).

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *