Hurst Capital compra fatia da IBID, de e-procurement, e vai tokenizar recebíveis

Hurst Capital fez três aquisições em um ano.

A Hurst Capital, fintech especializada em investimentos em ativos alternativos, comprou participação na IBID, empresa de software focada em soluções de e-Procurement. A plataforma de compras automatiza e otimiza processos de supply chain para grandes companhias. Dessa forma, a Hurst vai passar a antecipar recebíveis e criar produtos de crédito para a cadeia de fornecedores. Além disso, vai tokenizar recebíveis.

O acordo realizado prevê uma opção de compra do controle da IBID, que já muda de nome para Ahlex. A Yalla Capital assessorou a IBID na transação. Hoje, 44 grandes empresas usam o sistema da IBID. No total, são 890 mil fornecedores na base e as transações chegaram a R$ 25 bilhões nos últimos 12 meses. As informações são do Fintechs Brasil, hub de notícias parceiro do Blocknews.

“Estamos criando uma plataforma de supply chain finance que será uma alternativa de crédito mais acessível para as PMEs que participam da cadeia de produção das grandes corporações”, diz Arthur Farache, fundador e CEO da Hurst.

Hurst Capital já comprou Watermelon e Dividendos.Me

De acordo com Farache, os CEOs das empresas se conheceram em 2015 e perceberam um objetivo em comum, que era ajudar o fluxo de caixa de PMEs. “Fabio Hoinaski é um empreendedor de visão. Percebeu que ao conhecer as vendas dos fornecedores, é possível criar produto financeiro com uma proposta de valor mais ajustada e com baixo custo”, completa.

Assim, a fintech passa a originar operações de antecipação de recebíveis de grandes empresas, mais uma opção de investimentos no portfólio atual. Entre as alternativas que oferece estão, por exemplo, precatórios, imobiliários, royalties musicais e obras de arte. “Vamos passar a tokenizar os recebíveis que complementarão nosso seu mix de produtos alternativos”, afirma.

A operação com a IBID é a terceira aquisição do grupo, já que em novembro de 2020, anunciaram a compra das fintechs Watermelon, de renda fixa, e Dividendos.Me.

Com apenas quatro anos de atuação no mercado, a Hurst Capital se consolidou como a principal originadora de ativos reais, portanto alternativos, da América Latina. Isso porque, desde sua fundação em 2017, ultrapassou R$ 600 milhões em originação, sendo R$ 200 milhões somente no ano passado.

Compartilhe agora

1 comentário em “Hurst Capital compra fatia da IBID, de e-procurement, e vai tokenizar recebíveis”

  1. Pingback: Hurst Capital buys slice of IBID and will tokenize receivables | EmergingCrypto.io

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *