Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Havaianas vai leiloar NFTs como estratégia de marketing dos chinelos

Havaianas lança NFTs como estratégia de marketing. Imagem: Havaianas.

A Havaianas entrou na onda dos tokens não-fungíveis (NFTs) e vai leiloar cinco artes digitais no próximo dia 12 de maio. Parte do lucro vai para o projeto “Favela Galeria”, uma galeria a céu aberto na cidade de São Paulo.

De acordo com Fernanda Romano, responsável pelo marketing da Alpargatas, os desenhos são de Adhemas Batista, que fez um dos principais traços que inspiram a marca até hoje. O artista diz que os desenhos contam momentos de sua vida e sua relação com a empresa.

A Havaianas vai leiloar NFTs como uma estratégia de marketing. Há outros NFTs com objetivos, por exemplo, de arrecadar recursos para causas sociais, como forma de artistas venderem seus trabalhos ou para ajudar a patrocinar projetos de checagem de informações.

O leilão vai durar 24 horas e acontecerá na plataforma Foundation.app. Foi Adhemas quem escolheu o Favela Galeria como beneficiária de parte das vendas. O projeto fica em São Mateus, na zona leste da capital, onde o artista nasceu e cresceu.

O projeto ficará com uma pequena parte da arrecadação líquida do leilão – 7%. Adhemas também disse que vai doar parte de seu cachê. Segundo Fernanda, os desenhos podem se tornar um produto físico.

Atlético Mineiro também lança NFT

O Atlético Mineiro também aderiu aos NFTs. Com isso, se tornou o primeiro clube de futebol a vender cartões oficiais digitais, algo que na Europa, por exemplo, é bem mais conhecido. A venda será na plataforma Sorare.

A mesma plataforma já vende cartões digitais de clubes como Real Madrird, PSG e Juventus. Só com a venda desses cartões, a plataforma registrou um movimento de US$ 28 milhões em 140 países em março passado.

Cada jogador do time terá quatro tipos de NFTs, assim, vai haver um cartão que é único, outro de 10 unidades, um com 100 unidades e outro ilimitado. A venda é por leilão apreços que começam entre US$ 5 e US$ 500, conforme a quantidade que cada tipo de cartão oferece.

É também uma estratégia de marketing do clube, que pretende se tornar mais conhecido no exterior.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>