Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Growth Tech lança solução em blockchain para condomínios gerirem contas e documentos

Nova solução aumenta segurança na gestão dos condomínios. Foto: Draga Work.

 A Growth Tech lançou uma aplicação em blockchain para condomínios. A solução, que digitaliza a gestão, é resultado de uma parceria com a BAP Administração de Bens. A BAP atende mais de 400 condomínios e 33 mil unidades domiciliares.

De acordo com a startup, os serviços da solução são os mesmos que uma gestora física oferece. Isso inclui, por exemplo, malote de documentos digitais e prestação de contas com imagens.

O maior diferencial é que tudo fica registrado em blockchain. Assim, há maior segurança às transações, criando um histórico confiável dos dados e mais dificuldade de haver fraudes.

A plataforma consegue, portanto, otimizar o temo dos gestores de condomínios e reduzir custos, diz Hugo Pierre, CEO da Growth Tech.

Blockchain nos condomínios

Como em suas outras soluções, a Growth Tech usa Hyperledger na Digi.

A startup começou suas atividades com soluções para facilitar os processos em cartórios, em especial para o mercado imobiliário. No entanto, em maio passado, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu que os cartórios só podem usar o e-Notariado. Assim, a Growth Tech teve de se reinventar. A partir daí, uma das soluções que criou foi para a venda de imóveis. Agora, tem a Digi.

Para Rafael Thomé, membro do Conselho de Administração da BAP e Presidente da Abadi (Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis), cada vez mais empresas adotarão a digitização.

A Growth Tech disse que os testes da Digi começaram em julho passado.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>