Mercado de Criptomoedas por TradingView

GoLedger é escolhida pelo InovAtiva como Startup de Destaque em TI

GoLedger participou de programa de aceleração InovAtiva. Foto: Launchpresso, Unsplash.

A GoLedger, que fornece soluções em blockchain Hyperledger, recebeu o prêmio de Startup Destaque do InovAtiva Brasil. Esse é o maior programa de aceleração da América Latina. O Ministério da Economia e o Sebrae realizam o evento e a execução é da Fundação Certi, organização de pesquisa, desenvolvimento e serviços tecnológicos.

De quase 1 mil startups inscritas, 386 foram participaram do Ciclo 2021.1 do InovAtiva. O programa tem duas etapas. A primeira é de aceleração, com mentorias e capacitação. No final, há o InovAtiva Day.

A outra fase é de conexão, quando 160 soluções passam por mentorias especializadas de desenvolvimento de negócios. No final há o Demoday. As startups se distribuem em 16 categorias, como Tecnologia da Informação (TI), educação e marketplace. A GoLedger foi a vencedora na categoria TI.

“A conexão com outras empresas e mentores, além da visibilidade da empresa no governo, mas também no Sebrae e grandes empresas da área privada. Esses foram alguns dos pontos positivos do programa para a GoLedger”, de acordo com Otávio Soares, COO da startup. A startup considera que inclusive os ajustes no Pitch Deck, frutos da mentoria, são ponto positivo.

GoLedger nasceu com foco em governo e agora mira privado

A GoLedger nasceu com foco em projetos em blockchain para governos. Mas, neste ano começou a apostar também no mercado privado. A startup já ganhou diversas concorrência.

Recentemente, a Celepar anunciou que a GoLedger ganhou uma concorrência para uso de blockchain no Paraná. Também ganhou uma concorrência da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP) e da Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice).

Além disso, criou o primeiro portal do mundo de Consentimento e Indexação de Bases Pessoais nas leis de proteção de dados da Europa e do Brasil. Além disso, a GoLedger participou do teste de novas tecnologias nas eleições de 2020, uma iniciativa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O tribunal quis testar tecnologias ainda mais inovadoras do que a que se usa atualmente nas urnas eletrônicas.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.