FBI vê risco de segurança e investiga ataques a contas no Twitter, diz Wall Street Journal

O Federal Bureau of Investigation (FBI) abriu investigação sobre os ataques cibernéticos envolvendo bitcoins em contas de empresários, políticos e celebridades no Twitter, que aconteceu na quarta-feira passada (15), segundo informou o The Wall Street Journal. O FBI avalia que o ataque coordenado pode significar elevados riscos de segurança ao país.

O Departamento de Investigações de Serviços Financeiros do estado de Nova York também está investigando o caso

Os hackers tentaram atacar 130 contas, mas conseguiram atingir um grupo bem menor, segundo o Twitter. Isso deve ter gerado um crime avaliado em US$ 120 mil (cerca de R$ 600 mil).

O crime atingiu as contas de pessoas como o ex-presidente Barack Obama, o candidato à presidência dos EUA, Joe Biden, o fundador da Amazon, Jeff Bezos, e o fundador da Microsoft, Bill Gates. Por alguns minutos, foram inseridas mensagens nas perfis dizendo que essas pessoas dariam de volta o dobro de bitcoin depositadas em suas contas.

Funcionário suspeito

Logo após o ataque, o Twitter afirmou que bloqueou as contas atacadas e tomou outras medidas de segurança. Disse também que investigava se o crime, ocorrido usando seus sistemas de administração de contas, contou com a participação consciente de um funcionário.

Leia mais em:

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *