Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

EY e Polygon vão criar soluções em Ethereum para uso corporativo

EY se junta a Polygon em busca de redução de custos de transações. Imagem: Polygon.

A EY, uma das consultorias globais mais engajadas em blockchain, está usando o protocolo e o framework da Polygon para suas soluções na rede Ethereum. E vão desenvolver novas soluções corporativas que ambas prometem que reduzirão os custos e tempos das transações na comparação com os da rede criada por Vitalik Buterin.

Polygon é um protocolo e um framework com foco em desenvolver redes compatíveis com a Ethereum, que há algum tempo padece de problemas gerados por seu alto uso, por exemplo, tempo de transação. Dessa forma, cria um ecossistema multi-chain em torno da rede.

A EY vai oferecer seus produtos, como o EY OpsChain e EY Blockchain Analyzer, na Polygon. Parte dessa colaboração com a EY é o trabalho conjunto na Polygon Nightfall que a EY lançou em 2019 para transações privadas na Ethereum.

As soluções que vão desenvolver para uso por corporações, com base na Polygon, permitirão prever custos e tempos de liquidação, dizem. Será possível passar as transações para a mainnet da Ethereum com mais rapidez e menor custo, completam as empresas em comunicado.

De acordo com EY e Polygon, o objetivo é criar “cadeias permissionadas, de indústrias, alavancando modelos para lidar com a verificação de transações. Assim, isso aumentará a eficiência e reduzirá custos de transação conhecidos como rollups otimistas”. Os projetos vão focar em tecnologia de provas de conhecimento zero (ZPK, na sigla em inglês). Portanto, na prova de que uma parte sabe que algo é verdade, sem revelar um dado.

Para usar a Polygon, os clientes da EY precisam fazer uma mudança de configuração no site da empresa. Nele estão, também, os testes de rede e desenvolvimento da Polygon.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>