Mercado de Criptomoedas por TradingView

Coinbase prepara operação no Brasil e busca diretor para o país

Brian Armstrong, CEO da Coinbase. Foto: Coinbase.

A Coinbase, maior bolsa de criptomoedas dos Estados Unidos (EUA), está colocando em marcha um plano para expandir de forma significativa sua operação no Brasil e no resto da América Latina. Por isso, tem duas vagas abertas, sendo uma delas é para diretor regional. Esse profissional precisa ter experiência em fundar ou ser CEO de uma empresa de tecnologia, fintech ou outro negócio na região. Além disso, deve ter levado esse negócio a ao menos US$ 100 milhões (cerca de R$ 500 milhões) de receita ou de 10 milhões de transações mensais/ 100 milhões de usuários mensais ativos.

Tudo isso porque o novo diretor deverá “levar ao crescimento da Coinbase na América Latina”. Isso deve incluir acelerar as parcerias estratégicas na América Latina, incluindo fusões e aquisições e investimentos em startups. “A ênfase é em identificar e executar oportunidades para crescer o número de usuários e de receita”, diz a descrição da vaga.

Ao preparar sua operação no Brasil, a Coinbase vem para um mercado cada vez mais povoado por bolsas de criptomoedas. Mas, que também prepara uma regulação, o que dará maior segurança a investidores e empresas. O Mercado Bitcoin, a maior local, afirma ter mais de 3 milhões de usuários negociando na plataforma. A Bitso, que como o MB é um unicórnio, mas vem do México, diz ter mais de 4 milhões de usuários.

Usuários brasileiros hoje tem limitações de uso da plataforma da Coinbase. “A vinda para o Brasil é bem interessante porque a empresa tem uma estratégia forte educacional e de interação regulatória. A descrição da vaga mostra que esses são aspectos ressaltados nas atribuições do futuro executivo”, diz Gabriel Laender, do FCM Law.

Além disso, afirma, a Coinbase vem com viés de movimentação relacionada a regulação. E pode vir com rapidez maior para participar das discussões e tentar inserir sues pontos nos projetos de lei no Senado e na Câmara, completou Laender.

Sua missão também será a de montar a equipe local. Trabalhar com as questões regulatórios é outra das atribuições de quem assumir a vaga. Em diferentes pontos da descrição da vaga a Coinbase mostra preocupação de que o profissional deve entender desse assunto.

É para ser “a cara da Coinbase na região, com a liderança local de tecnologia)”, afirma ainda a Coinbase. A vaga é remota. A descrição mostra também que a bolsa está disposta a criar produtos específicos para a região. Tanto que a outra vaga aberta é de pesquisador sênior de usuário.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.