Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Ame, da Lojas Americanas e B2W, compra Bit Capital, de tecnologia bancária em blockchain

Fintech terá acesso a uma das maiores redes globais de e-commerce. Foto: MaPr, Unsplash.

A Ame, fintech de pagamentos por aplicativo da Lojas Americanas e da B2W, comprou a Bit Capital, fintech de open banking e APIs que utiliza blockchain. A aquisição foi comunicada nesta segunda-feira (7) à  noite à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Com isso, a Bit Capital passa a fazer parte de um dos maiores grupos de comércio eletrônico do país e do mundo. A fintech oferece infraestrutura bancária para que empresas desenvolvam seus produtos e serviços. Isso também inclui o sistema instantâneo de pagamentos Pix.

Já a Ame demonstra que está se preparando para o próximo passo das mudanças relevantes que o Banco Central (BC) está fazendo no sistema financeiro. O primeiro foi o Pix, lançado em 16 de novembro, e no dia 30 passado deveria ser lançado o open banking. No entanto, o BC adiou o início para fevereiro.

Acesso a milhões de consumidores

Já a Ame foi lançada em 2018 e permite pagamentos como o de compras em lojas, recarga de celulares e jogos. A empresa afirma que já foram feitos  14,5 milhões de downloads do aplicativo.

De acordo com a empresa, o app pode ser usado nas mais de 1,7 lojas físicas da Americanas e nos sites Americanas.com, Submarino, Shoptime, Sou Barato e em outros 2,8 milhões de lojas.

1 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>