Mercado de Criptomoedas por TradingView

Ação do Twitter caindo – muito – após Musk ameaçar não fechar compra

Possivelmente, se fosse um processo simples, não envolveria Elon Musk. Hoje (12), as ações do Twitter despencaram com a afirmação do empresário de que está temporariamente suspensa até que tenha a confirmação de que as contas falsas e spam são menos de 5% do total. Às 14h09, a queda era de 10,9%, com o preço na faixa de R$ 103.

Na sessão regular, a queda já tinha atingido 11,2%. Mas o baque maior foi na pré-sessão da Bolsa de Nova York, com uma queda de 25%. Mas, Musk disse que ainda está interessado em comprar os outros 90,8% do Twitter que ainda não tem. A operação de US$ 42 bilhões exige que o empresário fã da meme criptomoeda Dogecoin faça empréstimos para pegar pela rede social. Só que se desistir do negócio, terá de pagar US$ 1 bilhão em multa.

Aliás, a Dogecoin também variou nesta sexta-feira. Às 7h estava em US$ 0,09, caiu e às 14h09 estava em 0,089. Nos últimos sete dias, a moeda sofreu com o mercado e acumula retração de 26%. Já as ações da Tesla subiram.

Os tais “menos de 5%” que Musk cita vêm de uma informação que o Twitter passou para a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) dos Estados Unidos (EUA) no início de maio. E se referem, de acordo com a rede, com os usuários ativos diários monetizáveis no primeiro trimestre. No total, 229 milhões de usuários viram anúncios na rede nesse período.

Já faz algum tempo que Musk diz que uma de suas prioridades é acabar com os robôs de spam da plataforma.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.